Burnstudio

(81) 3224-6045

Ligue-nos agora

Sindicalismo Ético,
Cidadão e Inovador

19.05.2016:

Em greve, servidores de Ribeirão vão ao MPF e MPPE

Atraso no pagamento dos salários dos servidores, economias ameaçadas pelo não cumprimento do TAC – Termo de Ajustamento de Conduta, assinado pelo Prefeito de Ribeirão, Romeu Jacobina, falta de comprometimento e de justiça social no município por omissão e descaso das autoridades – leia-se Poder Judiciário e Promotoria local – que vem mostrando enorme desinteresse pela triste situação vivida pelos servidores municipais de Ribeirão. Tudo isso é apenas um pouco do que esta categoria vem passando nos últimos três anos e meio de gestão de Romeu como prefeito.

Em greve desde o último dia 9, representados pelo SINSPRI – Sindicato dos Servidores Municipais de Ribeirão – na pessoa do presidente Moisés Lins, a categoria se dirigiu hoje ao Ministério Público Federal e ao Ministério Público de Pernambuco a fim de cobrar dos procuradores providências para que o Termo de Ajustamento de Conduta, assinado pelo Prefeito de Ribeirão Romeu Jacobina, seja devidamente cumprido e os salários pagos corretamente e em dia, a todos os servidores municipais, ativos e aposentados.

A situação vivida por eles é bastante preocupante e o problema se estende na educação, na saúde e em diversas outras áreas. Na educação, por exemplo, falta transporte e merenda escolar para os alunos da rede municipal. Os alunos chegam no início do turno e largam no meio porque não há merenda. Muitas escolas sequer estão funcionando. Na saúde, faltam até seringas nos postos e hospitais municipais e o atendimento, que sempre foi muito precário, se tornou pior. As péssimas condições de trabalho, juntamente com o atraso nos pagamentos de salários, além da postura arrogante e desonra aos compromissos por parte do Prefeito Jacobina, foram o estopim da greve deflagrada em 9 de abril.

Reunindo provas e vários outros documentos, Moisés os entregou ao MPPE, cujo sub-procurador Geral de Justiça em Assuntos Jurídicos, Clênio Valença Avelino de Andrade, se comprometeu a tomar providências a respeito da Promotoria de Ribeirão, para exigir agilidade e presteza para fazer cumprir o TAC assinado.

video

Assista nossos vídeos institucionais e educativos. Compartilhe e utilize à vontade.

05.30.2012

saiba mais

map

Rua da Concórdia, nº 381,
São José, Recife-PE.
CEP: 50.020-050
Fone/Fax: (81) 3224-6045
CNPJ: 09.438.893/0001-26