22/01/2020:

Aposentados da BANDEPREV discutem mudança de plano de saúde


Em reunião com 32 aposentados da BANDEPREV hoje na sede da UGT-PE, os membros da entidade discutiram sobre a mudança de plano de saúde da SulAmérica para Unimed Nacional. Foram tratadas questões relativas aos aumentos abusivos da SulAmérica e os prós e contras da mudança de plano.

Dentre os participantes estavam Gustavo Walfrido, Presidente da UGT-PE e Maurício Luna, Diretor da UGT-PE e candidato a diretor da BANDEPREV nas eleições de março que vem.

Nos assuntos abordados na reunião, foi pontuada a mudança da operadora de plano de saúde Sulamérica para Unimed Nacional para todos os ativos e aposentados que decidiram em continuar com o plano do banco. Diferente da Unimed Recife, a Unimed Nacional possui boa reputação de bom atendimento. Algumas observações foram feitas sobre a mudança:

  • Apesar de similar ao plano anterior, para algumas categorias do plano não existe a possibilidade de reembolso de procedimentos, que a redução do custo poderá variar de 25 a 50 % da mensalidade.
  • Os percentuais de co-participação permanecem inalterados e a rede hospitalar não atendida na área metropolitana só é o Hospital Esperança.
  • Como o novo plano se trata de uma extensão, não tem como não deixar de migrar para ele.

Outros pontos ainda a serem resolvidos:

  • Possibilidade de upgrade para que se possa ter acesso ao reembolso.
  • Mensalidade menor através do subsídio de 30% que o banco dá para os aposentados da Unimed Recife, unificando assim o tratamento de todos os aposentados da Unimed Recife com os agora Unimed Nacional, por conta do que consta no documento de venda do Bandepe.

Fátima Monteiro afirmou que, por meio de uma ação no Procon Recife, ela teve êxito na causa que diminuiu a sua mensalidade com o upgrade. Além dela, Mirasilva Araújo também relatou o caso dela e de mais três colegas que entraram com uma ação contra o banco baseada no documento de venda do Bandepe e aguardam sentença na justiça.

Gustavo fez uma pequena relação com alguns companheiros presentes das categorias Master IV, III, II e I, e solicitou do banco os valores que estes colegas irão pagar a partir de fevereiro e assim identificar o percentual de redução de cada uma categoria, sendo todos os consultados com idades acima de 59 anos. O grupo será informado quando o banco repassar a solicitação.