18/01/2021:

Sindicalistas pedem fim de fechamento de agências e demissões


A pandemia de Covid-19, que assola o mundo todo, tem impactado de maneira significativa as relações sociais e a economia dos países, reduzindo a oferta de empregos e o poder aquisitivo dos trabalhadores. Mas, a despeito desse cenário, no Brasil os bancos mais uma vez têm apresentado lucros recordes que injustificam as demissões em massa.

Não obstante, tanto os bancos públicos quanto os privados estão violando os acordos firmados com a classe trabalhadora de não demitir na pandemia, o que levou o movimento sindical a tomar providências.

Em reunião ocorrida hoje à tarde com o Secretário do Trabalho, Emprego e Qualificação de Pernambuco, Dr. Alberes Lopes, os dirigentes sindicais da Feeb-AL/PE/RN pediram o apoio do Secretário para barrar o fechamento de agências do Banco do Brasil e as demissões dos funcionários que estão sendo executadas através de programas de demissão voluntária.

Representando a Feeb-AL/PE/RN, participaram da reunião o seu Presidente João Bandeira, o diretor Gustavo Walfrido, também Presidente da UGT-PE, além de outros diretores da Federação.

Ficou agendada um próxima reunião por videoconferência com todos os prefeitos das cidades pernambucanas que também serão afetadas com o encerramento das agências do BB.